« Home | Asas de fogo... » | Vens comigo?... » | Se não for tarde demais... » | Foste tu que me perdeste... » | Da amizade... » | Da dança... » | Da (In)certeza... » | Do corpo... » | Por ti, apenas por ti... » | Amar-me-ás?... » 

Friday, April 21, 2006 

Devolução de sorrisos...

Deste corpo à vontade que de mim transborda e encontraste-me no mesmo lugar que apenas tu conhecias. E para quê falar de antes e depois de ti? Porque depois de te ter em mim, depois de te saber em mim, sei que estás onde sempre pertenceste. Neste lugar onde o tempo se confunde em vestígios de causas minhas.
Anda daí neste caminho de horas ardidas que reconheces como tuas sendo minhas. Anda daí que esta é a estação das chuvas. Volta a pegar na minha mão como pegaste na minha vida e vamos correr à chuva.
Vem acordar-me por dentro no teu beijo de silêncios cúmplices. Adormece a noite que há em mim e absolve-me dos passos que nos afastaram. Vem com a chave que o amanhã encerra e sorri para mim. Sorri apenas.
Apenas te peço que sorrias, apenas a ti que me beijas as lágrimas com o teu sorriso. E é tão bom sorrir-te de volta.

Hmmm Suspira nos sorrisos e deixa-te ir!

:)

Tens textos verdadeiramente sensassionais.
Parabens, adorei
bjs

Olá Walter! Uma das grandes vantagens da internet é que, memso eu daqui do Brasil consigo descobrir textos sensíveis como esse, o teu. Parabéns, muito legal (ou como se diz em Portgual, muito giro). Abraços.

Post a Comment
on-line

Powered by Blogger

online
Spyware Remover Page copy protected against web site content infringement by Copyscape